Stacks Image 0

"A nossa chegada a Etatara deu-se no dia 4 de Agosto à tarde. Fomos muito bem acolhidas pela comunidade, principalmente pelas crianças, que nunca tinham visto pessoas “brancas”. Durante o mês, trabalhámos com os monitores das escolinhas e com os professores das escolas comunitárias, dando-lhes formação na área da Matemática, Português e Saúde. Abrimos este projecto também ao resto da comunidade, como foi o caso dos rapazes do internato, das meninas do lar, papás (homens), mamãs (mulheres), mamãs Obertinas (mulheres com formação religiosa), catequistas, leitores da palavra e jovens cruzados (grupo de jovens).
Algumas destas pessoas tinham que fazer 4 a 5 horas de bicicleta para virem às nossas sessões e faziam-no com a maior satisfação e alegria. Durante aquele mês, sentimo-nos muito acarinhadas por toda a aldeia e as pessoas estavam com imensas expectativas em relação ao lhes íamos ensinar. São um povo que tem muita vontade de aprender. Esta foi sem dúvida uma experiência que foi muito importante e que nos marcou para toda a vida. Ajudou-nos a crescer intelectualmente e a dar valor a tudo o que temos, quer à nossa volta, quer em nossa casas – a água, luz, roupa, sapatos, comida, conforto...
Ao conhecermos esta nova cultura e esta nova realidade, conseguimos perceber que não é necessário ter uma boa casa, um bom carro ou boas roupas para se ser feliz; bastou-nos ver como aquelas crianças sorriem e cantam alegremente, sem terem absolutamente nada!"
publicado por susana marques in "www.mensageirosantoantonio.net"

Stacks Image 1
Formar jovens europeus para promotores da Paz;
mediante uma experiência de inculturação, ajudá-los a discernir sobre o essencial da vida e o valor da solidariedade.

Neste projecto concretizado com a paróquia de Sto António dos Olivais, em Coimbra, e a sua "irmã" de Lichinga, os jovens europeus passariam as suas férias a ajudar, e a serem ajudados.

Stacks Image 2
Stacks Image 3
Stacks Image 4
Stacks Image 5
Stacks Image 6